quinta-feira, 23 de junho de 2016

Prefeitura de Cacimbas realiza serviços de melhorias nas estradas vicinais, recupera campos de futebol e apoia os agricultores da região


“Sem caminhos não se chega a lugar nenhum e com eles prontos, a população só tem a ganhar com os grandes benefícios”, foi com essa frase que o agricultor José Soares da Comunidade do Fundamento de Cima se referiu aos serviços de melhoramento das estradas vicinais do município de Cacimbas no interior do estado.

Através dos operadores das máquinas do PAC2, cedidas pelo governo federal, à equipe gestora da prefeitura, vem realizando serviços de recuperação e melhorias das estradas vicinais do município. Ao todo são mais de 25 comunidades rurais que passam a ter seus acessos melhorados, com mais de 200 km de rodagens feitas, numa forma de facilitar os deslocamentos dos moradores.

Pensando no bem comum dos agricultores, os administradores tem priorizado os caminhos dos habitantes de cada setor, além dos confortos para pedestres, condutores e passageiros, os serviços vão servir para auxiliar no escoamento das produções agrícolas que precisam ser transportados das roças para os devidos armazenamentos nas residências ou comercializadas nas feiras das cidades próximas.

Com o período de estiagem, os trabalhos acontecem num ritmo bastante acelerado. O material utilizado é de boa qualidade, o que deixa as estradas bem conservadas por mais tempo, sendo assim, vai possibilitar mais durabilidade dos veículos, encurtamento das distâncias geográficas na agilidade das viagens de estudantes, jogadores, passageiros e motoristas.

Segundo o agricultor acima mencionado, são muitos os benefícios feitos através do poder público nas referidas regiões, a saber: abastecimento de água, cortes de terra, melhoramento das estradas vicinais, recuperação de campos de futebol, construção de barreiros de açudes e limpezas de mananciais, dentre outros investimentos, em prol da população que necessita das ações.

Os maquinistas também fizeram serviços de melhorias no Campo de Futebol da “Vila China”, trazendo satisfação para os atletas e desportistas da região que, encontram nas práticas esportivas centenárias as formas de diversão e lazer diante dos jogos treinos, amistosos e torneios diante das confraternizações como qualidade de vida. 






         


        Realização: Prefeitura Municipal de Cacimbas com um novo Tempo. SECOM/PMC.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Falta de limites de algumas famílias ameaçam o futuro de muitas crianças


Com a falta de oportunidades, somados a ausência de regras que estabeleçam alguns limites por parte de vários pais de famílias na educação dos filhos, diversas crianças que deveriam apresentar bons rendimentos na escola ou na sociedade da qual fazem parte, vem apresentando comportamentos desajustados indo na contra mão, daquilo que seria ideal para uma vida plena de paz e justiça social.

É comum nos dias de hoje, ouvirmos de pessoas os mais diferentes tipos de explicações, talvez na tentativa de justificar tais atos. Há quem diga que estamos vivendo uma enorme crise de identidade com a reinvenção de novos paradigmas, outros atribui a culpa as novas ferramentas tecnológicas que alimentam as informações midiáticas do cotidiano, outros chegam até a afirmar que é o fim dos tempos, e assim por diante.

Diante do dilema, uma coisa é certa, o mundo ainda tem jeito, cuja, a solução possa está nas crianças que são puras e consideradas o futuro da nação, mas para isto, precisa- se de cada um de seus membros, incluído os governantes e os demais seguimentos para que possam desenvolver medidas urgentes e eficazes na tentativa de salvar nossa juventude que tem seus sonhos dizimados por falta de perspectivas de vida.

A solução não cai pronta do céu como se fosse um passe de mágica, é preciso construir as possibilidades para novos horizontes que a humanidade precisa para preencher suas necessidades básicas, enquanto isso não acontecer, seremos obrigados a presenciar e ter que conviver com situações desagradáveis o tempo todo, mesmo contra nossas vontades.

Dentre os principais pontos que nos desafiam está: abandono de crianças, espancamentos, exploração da mão de obra infantil, abuso sexual de menores, crianças na condição de pedintes, outros praticando roubos para alimentar os vícios, no que se refere ao uso de substâncias proibidas, como é o caso de bebidas alcoólicas, cigarros ou até mesmo drogas ilícitas. Está na lei o direito a vida, moradia digna, saúde, segurança, alimentação, laser, educação e respeito. 

Lugares pequenos do porte do município de Cacimbas, apesar de ser considerados pacatos com característica de interior, já apresentam alguns casos de violência que preocupa as famílias, as autoridades e a sociedade no geral. A noite é fácil ver crianças sem a presença de um responsável frequentando lugares ermos ou impróprios na companhia de outros menores, e nessa ausência de limites, acabam se envolvendo com atos de vandalismos e outras práticas proibidas por lei.

Muitos pais de família agindo pelo princípio da boa fé, acreditam que seus filhos estejam em boas companhias e quando se dão conta, pode ser tarde de mais, evitar os problemas completamente ninguém consegue, mas pode se contribuir com a diminuição deles, por isso nunca é de mais saber sobre as companhias dos seus infantes que nem idade tem para responder pelos seus atos.

Com a chegada dos festejos juninos, aumenta as preocupações dos pais e/ou responsáveis, já que os menores costumam adquirir bombinhas e explosivos, mesmo sendo restritos à venda desses artefatos para determinados públicos. Para piorar a situação, muitos estão se servindo desse expediente para perturbar o sossego dos vizinhos ou até para explodir instalações dos prédios públicos, causando prejuízos com os atos de vandalismo.

Por conta do incômodo, moradores, pedem mais rigor nas fiscalizações e punições severas para os menores infratores ou para seus tutores. A atuação do Conselho Tutelar, juntamente com a Polícia, tem sido defendida por muitos, que inclusive são favoráveis à volta do toque de recolhimento após as 20 horas para crianças e adolescentes, conforme havia antes.

O mês de maio é dedicado ao combate aos abusos e exploração contra os menores, em 12 de junho, foi celebrado o Dia Mundial de Combate ao trabalho Escravo. Não se tem ainda a receita pronta para evitar o pior, porém com base em estudos e em experiências bem sucedidas, pode se apostar nas práticas educacionais com as oficinas de artes, músicas, danças, teatro, pintura, esportes, movimentos religiosos e outros. 


Por: ECOM/PMC/Imagens ilustrativas. 

segunda-feira, 20 de junho de 2016

TCE entrega ao TRE lista com nomes de 607 gestores com contas reprovadas


Seiscentos e sete gestores públicos da Paraíba com contas reprovadas no Tribunal de Contas do Estado nos últimos oito anos estão na lista que será entregue, nesta segunda-feira (20), às 11hs, pelo presidente em exercício do TCE-PB, conselheiro André Carlo Torres Pontes; e pelo corregedor geral, conselheiro Fernando Catão, ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) e a Procuradoria Regional Eleitoral da Paraíba (PRE-PB).

A entrega cumpre a legislação eleitoral que determina o envio das informações até o dia 5 de julho do ano da eleição. A listagem estará disponível no portal do TCE-PB (portal.tce.pb.gov.br), a partir do meio dia , desta segunda-feira, e auxiliará a Procuradoria Regional Eleitoral da Paraíba e o Tribunal Regional Eleitoral a barrarem candidaturas, nos termos da nova Lei da Ficha Limpa, que considera os julgamentos dos Tribunais de Contas como um dos critérios para decretar a inelegibilidade.

De acordo com explicação do corregedor do TCE-PB, conselheiro Fernando Catão, “a lista não é dos gestores inelegíveis, como pensam erroneamente algumas pessoas, uma vez que somente a Justiça Eleitoral pode declarar a inelegibilidade”. Na listagem, segundo ele, constam os nomes dos gestores públicos da Paraíba que tiveram as contas consideradas irregulares pelo colegiado a partir de 5 de julho de 2008 até 16 de junho de 2016. Ela ainda pode ser atualizada até 5 de julho.

“Na lista tem todos os gestores que já tiveram as contas reprovadas, cujos processos já tramitaram em julgado, assim como aqueles que tiveram as contas consideradas irregulares e ingressaram com recurso sem efeito suspensivo. A lista será atualizada até a emissão da lista final no dia 5 de julho, a qual ajudará o TRE no processo eleitoral que se avizinha”, comentou, ao enfatizar que alguns nomes ainda podem ser incluídos, dependendo do andamento do processo, no caso dos recursos junto ao TCE-PB.

Na listagem constam 1.243 processos, envolvendo prestações de contas dos prefeitos e presidentes de Câmaras, convênios do instituto de previdência, fundação, Fundo Municipal de Saúde, secretarias de Estado e municípios. A lista será entregue ao presidente do TRE, desembargador José Aurélio da Cruz, e ao procurador Regional Eleitoral, João Bernardo da Silva.

Conforme o conselheiro André Carlos Torres Pontes, com a entrega dos 607 nomes, o TCE inicia uma nova etapa ao padronizar a listagem nos moldes da que é elaborada pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Ele informou que será disponibilizado no Portal do TCE-PB com o número do CPF do gestor, número do parecer ou do acórdão, bem como a observação das decisões das Câmaras, encaminhadas ao Tribunal, para que toda a sociedade possa fazer a livre consulta no portal do TCE.

No canal, a população poderá ter acesso aos acórdãos e todas as partes processuais. Após a entrega da lista, os conselheiros do TCE-PB, André Carlo Torres Pontes e Fernando Catão concedem entrevista à imprensa na sede do TRE.


Fonte: TCE-PB

Famílias inscritas em programas sociais participam de reunião em Cacimbas


Várias famílias da cidade de Cacimbas e da zona rural do entorno, inscritas no Cadastro único do Programa Social do Governo Federal, o Bolsa Família, assistiram na manhã desta sexta feira 17/06, no Ginásio de esportes na Sede uma reunião. O encontro foi ministrado pela Assistente Social do município, Maria de Fátima Alves e Taciano Marques de São Mamede.

Fátima abriu os trabalhos cumprimentando os presentes, em seguida apresentou a equipe de trabalho, falou de suas experiências de trabalho frente ao município, explicou alguns critérios e normas do programa, os quais as famílias precisam se cumprir para ter direito as políticas públicas, através dos benefícios sociais.

Taciano, explicou sobre o funcionamento do Programa Social do Bolsa Família, na ocasião ele destacou outros benefícios que as pessoas podem ter direito, e que na maioria dos casos por falta de informações, muitos acabam perdendo alguns benefícios, por exemplo descontos nas contas de luz, água, além dos recebimentos dos valores em dinheiro por meio do cartão magnético.

Segundo Taciano, com base nos dados de março do corrente ano, fornecidos pela Secretaria de Ação Social, Cacimbas possuem 1 856 famílias inscritas, sendo que desse total, estão recebendo os benefícios 1435. Essas pessoas aumentaram seu poder de compra e são responsáveis pela circulação do montante de mais de R$ 368 (trezentos e sessenta e oito mil reais mensais), os valores impulsiona as vendas do comercio local/regional.

As bolsas variam de acordo com a renda de cada família e o número de membros dependentes informados nos cadastros. Para ter os benefícios assegurados, as famílias precisam cumprir com algumas exigências, a saber: manter as crianças com idade escolar frequentando regularmente a escola, manter os pesos, as medidas e a caderneta de vacinação atualizada, mulheres gestantes realizar o pré-natal, atualizar a cada dois anos as informações do cadastro.

Para isso é necessário, ficar atentos às informações emitidas nos extratos bancários da Caixa Econômica ao sacar os benefícios ou nos comunicados de sua secretaria de Ação Social. Na sua grande maioria os Cartões vêm no nome das mulheres e quem não cumprir as exigências, poderá ter seus benefícios suspensos, bloqueados ou até mesmo cancelados definitivamente, dependendo de cada caso.

“O Programa é federal e não vai acabar conforme muitos alegam, agora com a mudança de governo, novas medidas foram adotadas com relação aos critérios de renda familiar, no sentido de cruzar os dados para se afunilar e excluir alguns. Só a título de informações o Bolsa Família não sofre influencias das Prefeituras como muitos imaginam”, afirmou Taciano Marques.  

Muitas pessoas interagiram, fizeram perguntas e esclareceram suas principais dúvidas em relação ao Programa Bolsa Família, os palestrantes ficaram satisfeitos com o grande número de beneficiários presentes e esperam o mesmo sucesso de público no Distrito de São Sebastião, na próxima terça 21. Lá a reunião que seria nesta terça 21, no Ginásio de Esportes da Escola Vereador Manoel de Almeida, às 10 horas da manhã, foi adiada para outra data a ser divulgada.

A Assistente Social Maria de Fátima Alves e Taciano Marques, enfatizaram o trabalho das Agentes Comunitárias de Saúde e ressaltaram o poder da comunicação diante dos resultados alcançados, por isso manifestaram seus desejos em participarem de uma entrevista na Rádio local, para interagir com os ouvintes por meio de ligações telefônicas e mensagens, o que será providenciado muito em breve.






                       Apoio: Prefeitura Municipal de Cacimbas com um novo tempo. SECOM/PMC.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Comunicado de convocação da Secretaria de Ação Social de Cacimbas PB


A equipe da Secretaria de Ação Social de Cacimbas, Paraíba, tem a honra de convidar os senhores e as senhoras beneficiárias do Bolsa Família, para encontro que vai acontecer nesta sexta feira 17, às 10 horas da manhã no Ginásio de Esportes desta cidade.

Devem comparecer ao evento, todas as pessoas que já recebem os benefícios sociais, incluindo aqueles que estão inscritos no cadastro e não recebem a bolsa ainda. Na ocasião vão ser apresentadas as novas regras do programa e as medidas adotadas pelo novo governo.

Este mesmo expediente será realizado no Distrito de São Sebastião, na próxima terça feira dia 21, no mesmo horário na quadra da escola Vereador Manoel de Almeida. Participe, sua presença é indispensável para o bom funcionamento do programa em seu municípioApoio da Prefeitura Municipal de Cacimbas, com um novo tempo. SECOM/PMC.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Vereador ameaça acionar a justiça para fechar o Programa Cidade em Ação


O Vereador Cícero Bernardo Cesar de Cacimbas no interior do estado, esta semana publicou na internet, uma postagem, na qual ele afirma que o Programa Institucional da Prefeitura deste mesmo município, o “Cidade em Ação”, que vai ao AR todos os sábados, no horário das 12 às 13 horas, está com os dias contados.

O Programa serve para dar ampla divulgação aos canais de comunicação de notícias, incluindo as publicidades das ações de responsabilidade da administração, conforme a lei da transparência pública, bem como, realizar entrevistas com pessoas dos diversos movimentos populares, numa forma de cumprir com sua função social e de apoio aos projetos de interesses da coletividade.

O Cidade em Ação, já caiu no gosto das centenas de ouvintes das várias localidades que participam e interagem com os apresentadores, através dos telefones, cartas, mensagens, redes sociais, pessoalmente, onde sempre nos prestigiam com sua audiência, inclusive o referido parlamentar que sempre que precisou do espaço, foi atendido pela produção do programa.

As postagens do vereador insatisfeito, não teve a repercussão conforme almejava, pelo contrário, causou uma revolta nos seguidores e ouvintes que se revoltaram com tal atitude de tentar amordaçar a imprensa como acontecia nos tempos da Ditadura Militar. Muitas pessoas ao tomar conhecimento dos fatos, procuraram a produção para saber quais os procedimentos que a Secretaria de Comunicação irá adotar diante do enunciado.

Toda instituição deve ter seus canais de comunicação para se comunicar com a população, conforme a Lei de transparência. Ao longo dos tempos, aconteceram muitos avanços que estão amparados pela Constituição que garante a todas as pessoas a livre manifestação de pensamentos sem ter que se submeter a práticas da censura.

“Estamos agindo dentro da legalidade de acordo com a democracia que se consolida a cada dia no país, depois de muitas lutas e conquistas, o vereador sabe disso, até porque quando prestava o mesmo serviço de assessoria para eles, o grupo aprovava agora par ser o inverso, surge às insatisfações, o que é normal, pois nem Deus agradou a todos, imagina o ser humano que é limitado, ninguém é obrigado a ouvir, pode trocar de sintonia ou desligar seu aparelho”, enfatizou Olavo Silva.

“Por estarmos vivendo um período eleitoral, sabemos que a Justiça tem algumas restrições e temos que acatar, independentemente de determinadas pessoas, pois se dependesse desse povo, o Programa já estava fora do AR há muito tempo, só que sabendo de tais questões, o vereador se antecipa aos fatos para tentar chamar a atenção”, concluiu.


SECOM/PMC.   

Ministério vê irregularidades e suspende recursos para Saúde da família na PB


O Ministério da Saúde ordenou a suspensão da transferência de incentivo financeiro correspondente ao número de equipes de Saúde da Família, equipes de Saúde Bucal e de Agentes Comunitários de Saúde em 15 municípios da Paraíba. 

A determinação ocorreu devido a irregularidade no cadastro dos profissionais da Saúde da Família no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES). O Diário Oficial da União desta segunda-feira (13) trouxe a deliberação.

Perderam os incentivos financeiros por irregularidades os municípios de Sapé (13 equipes), Campina Grande (11), Itapororoca (11), Serra Grande (9), Gurinhém (9), Lagoa de Dentro (8), Barra de Santana (7), Juripiranga (7), Mamanguape (6), Patos (4), João Pessoa (4), Juazeirinho (2), Pitimbu (1) e Cacimba de Dentro (1). A prefeitura de Santa Rita registrou o maior número de equipes que perdem os recursos (25).

O SCNES disponibiliza diversas informações sobre os estabelecimentos de saúde, tratando sobre tipo de atendimento prestado, serviços especializados, estrutura física, tipo e número de leitos, profissionais de saúde, entre outros. O sistema também é um banco de dados que contribui com a gestão da saúde.


Portal Correio

sexta-feira, 10 de junho de 2016

A Prefeitura de Cacimbas tem suas contas desbloqueadas pelo TCE e os salários dos servidores serão pagos nesta sexta feira dia 10


As contas da Prefeitura Municipal de Cacimbas no interior paraibano, que haviam sido bloqueadas pelo Tribunal de Contas do Estado- TCE, através de denúncias, foram liberadas nesta quinta feira 09/06, após o prefeito juntamente com seu advogado apresentarem as documentações contendo todas as despesas exigidas pelo órgão de fiscalização e controle.

A notícia foi recebida com alegria pelos administradores e funcionários que estavam impedidos de receber seus salários referentes ao mês de maio desde a última sexta 03, conforme esclareceu o gestor. Comerciantes que também tiveram uma baixa nas vendas e nas arrecadações de dinheiro dos seus clientes puderam comemorar os desbloqueios.

Ao se pronunciar sobre os fatos em nas redes sociais face book, a postagem do prefeito recebeu diversas curtidas e várias mensagens de apoios e elogios dos seus seguidores e simpatizantes, por conta dos esforços da administração em provar ao tribunal e a sociedade que estão agindo de acordo com as leis vigentes no país.

O setor responsável da Prefeitura garante que, a partir desta medida, os servidores vão poder sacar seus vencimentos a partir de hoje dia 10/06, no fim da tarde para cumprirem com suas obrigações e realizar novos planos, já que o mês de junho é considerado um período muito forte para alavancar ainda mais as vendas e possibilitar uma maior circulação de dinheiro por conta das festas tradicionais.

Vejam o pronunciamento do prefeito de Cacimbas sobre o desbloqueio das contas

Estive hoje no Tribunal de Contas, junto do o Dr. Meirelles, fomos recebidos pelo relator do processo de denuncia, expliquei a situação do município devido há irresponsabilidade de um vereador, prontamente fomos atendidos e o auditor em seu relatório já pede o desbloqueio das contas do município, faltando apenas que o TCE comunique ao Banco.

Temos só que agradecer a Deus por este momento e dizer que agora poderei autorizar os pagamentos dos funcionários. Vou repetir, se querem atingir a administração, atinja a minha pessoa que sou o responsável por ela e deixe os funcionários de lado, onde eles têm responsabilidades com suas famílias. Obrigado a todos. Explicou o gestor.


Prefeitura Municipal de Cacimbas com um novo tempo. SECOM/PMC.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Comunidades rurais de Cacimbas são contempladas com a construção de banheiros


Diversas comunidades rurais do município de Cacimbas no sertão do estado foram beneficiadas com a construção de pelo menos 68 módulos sanitários conforme a ilustração fotográfica. O projeto de saneamento básico faz parte do programa da Fundação Nacional de Saúde- FUNASA, destinado a pessoas de baixo poder aquisitivo. O prefeito Geraldo Terto da Silva- (Léo do PSB), avaliou as ações como positivas para as famílias carentes do município.

Os investimentos são provenientes de uma emenda parlamentar do Deputado Federal, Doutor Damião Feliciano- PDT. As obras vão trazer mais conforto e privacidades para as famílias contempladas com os banheiros, evitando os impactos ambientais provocados pelos esgotos, bem como, problemas de saúde, além das garantias de mais qualidade de vida para os moradores de cada domicílio.

Diante do processo licitatório que já fora concluído, a empresa vencedora realizou o mapeamento e as visitas em cada uma das comunidades, demostrando o compromisso e a pressa em iniciar as construções muito em breve. O projeto de melhorias vai valorizar ainda mais as residências e gerar oportunidades de empregos temporários para diversos pais de famílias em tempos difíceis.

Tais iniciativas, contam também com as parcerias das Agentes Comunitárias de Saúde que indicaram os setores mais carentes a serem beneficiados nessa primeira etapa do programa. Na avaliação do gestor, os banheiros vão trazer enormes benefícios para essas pessoas, porém, ele defende novos investimentos para custear outras 100 unidades, numa próxima remessa.

Cada banheiro pronto custa aos cofres públicos à quantia estimada de R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais). Contendo: vaso sanitário, pia, tanque para armazenar água, Caixa d’água com a mesma capacidade, bomba, piso revestido na cerâmica e as paredes internas pela metade, chuveiro, fossa séptica com sumidouro, pintura e cobertura do telhado.


Prefeitura Municipal de Cacimbas com um novo tempo: Administração Prefeito Léo Terto. SECOM/PMC.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Prefeitura de Cacimbas continua com as contas bloqueadas pelo TCE e funcionários ficam impedidos de receber seus salários do mês de maio


A Prefeitura Municipal de Cacimbas no interior do estado está com as contas temporariamente bloqueadas pelo TCE. Segundo o Prefeito, o senhor Geraldo Terto da Silva- Léo do PSB, o fato se deu após denúncias feitas por um dos vereadores de oposição do município, que alega ter recebido os balancetes incompletos na Casa Legislativa.

A medida afetou não somente os funcionários que estão até agora impedidos de receber seus salários referentes ao mês de maio do ano em curso, como também atingiu os comerciantes que estão reclamando a falta de circulação de dinheiro por conta dos bloqueios.

O prefeito Garantiu que já providenciou todos os documentos solicitados e fez os devidos encaminhamentos ao Tribunal de Contas, no entanto, quando se preparava para fazer os pagamentos dos servidores na última sexta feira 03/06, recebeu outra notificação contendo outra denúncia do mesmo parlamentar.

O socialista lamentou a situação e pediu a oposição para quando tentar algo que seja contra ele e não contra o povo. Léo ainda afirmou que na gestão passada nunca foi entregue um balancete na Câmara de Vereadores e mesmo sem os devidos documentos, as contas do gestor que lhe antecedeu foram aprovadas. “O que fica clara é simplesmente a intenção de tumultuar a administração, sem pensar nas consequências negativas para o povo que são os mais prejudicados”, justificou o prefeito.

Léo fez uso de sua pagina pessoal face book e concedeu entrevista na Rádio local para explicar a população sobre o episódio. Segundo o gestor, o pessoal da Prefeitura está aguardando os auditores do TCE e enquanto isso a equipe de profissionais estão empenhados numa força tarefa, trabalhando inclusive aos domingos para atender as demandas.  

O vereador responsável pelas denúncias foi Cicero Bernardo Cesar, ele disse não ter poderes para bloquear as contas da Prefeitura, mas afirmou ter formulado os pedidos junto ao TCE, Cícero ainda sugere que os servidores procurem o Banco munido dos documentos pessoais e contra xeque para contrair empréstimos consignados no valor de seus vencimentos.

A opção apresentada pelo parlamentar não agradou a muitos funcionários, que segundo eles precisam se deslocar até Teixeira, perder um dia de serviço, sem contar nas despesas extra com alimentação, transportes, além das altas taxas de juros a serem cobradas.

SECOM/PMC.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Workshop Eleições 2016 em Patos discutirá o poder da oratória na política


Estamos às vésperas de mais uma campanha eleitoral e num ano totalmente atípico. Nunca o eleitor esteve tão desmotivado como agora. O brasileiro de uma forma geral parece não acreditar mais em ninguém, parece ter perdido a esperança. 

O marketing eleitoral que por muito tempo foi responsável por "maquiar" discursos e perfis dos nossos políticos, dessa vez está prestes a passar por um teste de fogo. É um grande desafio.

Em tempos de crise moral, de identidade, de decência e de CREDIBILIDADE, como a Classe Política ainda pode convencer o eleitorado? É possível reconquistar o respeito usando o PODER DA ORATÓRIA e do Marketing sendo VERDADEIRO e estratégico ao mesmo tempo? Como levar propostas concretas aos eleitores e conquistar o voto dos mais descrentes??

Essas e muitas outras questões tão importantes no cotidiano da política, serão respondidas durante o WORKSHOP ELEIÇÕES 2016 - Como se tornar um político VENCEDOR usando o poder da ORATÓRIA.  O evento será no próximo dia 17.06 no auditório do Guedes Shopping a partir das 19h com o jornalista, palestrante e consultor de Marketing Morib Macedo. O objetivo essencialmente é o de qualificar o discurso e preparar tecnicamente os pré-candidatos da região para as eleições que se aproximam.

As inscrições podem ser feitas pelo portal www.moribmacedo.com.br ou pelo (83)98621-4051. Além de assessores, dirigentes partidários e candidatos, o workshop também é aberto a estudantes, empresários e profissionais liberais das mais diversas áreas que desejam saber um pouco mais sobre O PODER DA ORATÓRIA.  Afinal, vence mais quem fala bem! Informações: (83)99911-8234 e 98621-4056.

Patosonline com ASCOM

Bispos negligentes em casos de abusos sexuais poderão perder cargos, diz o papa


Os bispos que foram negligentes em relação aos casos de abusos sexuais contra menores e adultos vulneráveis serão removidos dos cargos, decretou hoje (4) o papa Francisco no Motu Próprio (documento de iniciativa pessoal do papa), cujo título é “Como uma Mãe Amorosa”. O papa diz ainda que a missão de proteger e do cuidar se refere a toda Igreja, mas envolve em particular os bispos.

Destaca também, entre outras coisas, que, após os argumentos apresentados pelo bispo, à congregação pode “decidir por uma investigação suplementar” e mais aprofundada. A “missão de proteção e do cuidar diz respeito a toda Igreja, mas é especialmente por meio de seus pastores que este deve ser exercido”, informa o documento. Especifica-se, outrossim, que este dano pode ser “físico, moral, espiritual ou patrimonial”.

O Vaticano anunciou ainda que quando os indícios são “sérios” a Cúria Romana pode “iniciar uma investigação” informando ao interessado que tem “a possibilidade de defender-se”. Depois dos todos os procedimentos de apuração, a decisão final deve ser apresentada ao papa antes da “decisão definitiva”, que será assessorado por um colégio de juristas.


Agência Brasil

PRF faz leilão de motos e carros com lances entre R$ 200 e R$ 3 mil, na PB


Mais de 390 carros e motos vão ser leiloados, nesta terça-feira (7), em um leilão realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba. O evento vai acontecer às 9h, no auditório do Garden Hotel, em Campina Grande, e os lances variam entre R$ 200 e R$ 3 mil.

Os veículos haviam sido recolhidos em fiscalizações aos pátios da PRF por apresentarem irregularidades diversas e nunca foram resgatados por seus proprietários. Para verificar o estado dos veículos pessoalmente, os interessados podem fazer visitação dos lotes que estão distribuídos nos pátios da PRF de Santa Terezinha, no KM 144 da BR 230, e no posto da Farinha, que fica no km 183 da BR 230.

Os veículos também podem ser vistos no pátio de São Miguel, no km 93 da BR-104, em esperança. A visitação em ambos os locais funciona em horário comercial, até o dia 6 deste mês. Para participar do certame os compradores devem realizar um cadastro prévio no site do leiloeiro ou formalizar o interesse no dia e local onde será executado o leilão.

Portal Correio

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Prefeito promete levar água enganada para população do Distrito de São Sebastião e fala sobre os bloqueios das contas da Prefeitura de Cacimbas



Errata: na condição de ser humano passivo de erros, pedimos humildemente desculpas aos nossos leitores pelo equívoco da redação que ao invés da palavra “ENCANADA”, foi digitada “ENGANADA” na manchete da notícia. Obrigado pela compreensão e continuem lendo nossas publicações.


O prefeito Constitucional do Município de Cacimbas no interior do estado, Geraldo Terto da Silva- Léo do (PSB de camisa branca na foto), fez uso de um dos seus canais de comunicação nas redes sociais por meio do face book e se pronunciou a respeito de um vídeo que circula na internet, feito por populares do Distrito de São Sebastião, no qual cobram o ligamento da rede de água para referida localidade.

O gestor tranquilizou os moradores e afirmou que a obra será realizada nos próximos dias e custeada com recursos próprios, para isso os canos e os demais materiais já foram adquiridos no valor de R$ 5.500,00 (cinco mil e quinhentos reais). Léo garantiu que o que está a o seu alcance vem procurando e lembrou os investimentos que fez no período de seca para auxiliar no abastecimento da localidade, na época ele comprou 14 Caixas de 5.000 L cada uma e distribuiu em pontos estratégicos, tendo um custo de mais de R$ 23.000,00 vinte e três mil reais.

Segundo Léo, os moradores estão cobertos de razão em cobrar a água nas torneiras de suas casas, além de outros benefícios os quais tem direito e que estejam ao alcance do poder público, porém, ele lamentou o comportamento de pessoas com interesses próprios que se anteciparam aos fatos e possivelmente induziram outros a se manifestar sem ter conhecimento de causa.

O que fica clara é simplesmente a intenção de tumultuar a administração, sem pensar nas consequências negativas para o povo que são os mais prejudicados. Nas suas publicações, o prefeito ainda se referiu aos bloqueios nas contas da Prefeitura que causou um mal estar nos servidores que esperavam receber seus salários esta semana para cumprir com suas obrigações e que, no entanto ficaram impedidos por conta de denúncias.

Na manhã de sexta feira 03/06, o prefeito visitou o Distrito e conversou com alguns moradores e lideranças para reforçar o seu compromisso com aqueles moradores, já neste sábado dia 04, ele juntamente com a secretária de Saúde do município, vão fazer a entrega dos equipamentos da Unidade de Saúde do Quilombo de Serra Feia.

Confira na íntegra o pronunciamento do Prefeito Léo Terto sobre os episódios

Quero aqui dizer a população do nosso Distrito São Sebastião, principalmente na pessoa do nosso amigo Mariano, que se pronunciou através de um vídeo não sei se foi induzido a isso, que os canos já foram comprados em Campina Grande e só custou apenas 5.500,00, aonde antes disso a prefeitura de Cacimbas gastou no nosso Distrito só com caixa d’água de 5000L R$ 23.000,00 ( vinte e três mil reais ).

Isso mostra que nosso governo tem preocupação sim com o Distrito, motivo esse que os canos já não chegaram porque as contas da prefeitura estão ainda bloqueadas por motivo logo esclarecido por nossa gestão, mais se Deus quiser, em curto prazo estamos abastecendo o Distrito com água encanada, e dizer a os funcionários que estamos trabalhando para logo pagar seus vencimentos. Dizer também que se quiserem prejudicar prejudique só a mim, não aos funcionários que não tem nada haver com isso, que precisa dos seus vencimentos para cumprir com seus compromissos. 

Prefeitura Municipal de Cacimbas com um novo tempo: Administração Prefeito Léo Terto. SECOM/PMC.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Gestores da educação se reúnem para avaliar resultados do 1º semestre e debatem os desafios incluindo ações de melhorias para os próximos meses


Aconteceu na tarde desta quarta feira 01/06, na Escola Municipal Tertulino Cunha da cidade de Cacimbas no interior do estado, uma reunião pedagógica/ administrativa, com o tema: A importância da sincronização dos trabalhos em equipe. O encontro contou com as categorias de profissionais da educação: diretores escolares, supervisores, coordenadores, orientadores e o secretário da pasta, José Leônidas Marques, que conduziu os trabalhos.

Os educadores, Gilberto Nunes, Damião Marques, Fábio Júnior, Claudevânia dos Santos, Inês Soares, Wilma Cardoso, Nadja de Almeida, Edivânia Alexandre, Elisiana Arruda, Maria de Fátima, Tereza Rodrigues e Arenilson Lima Moura, avaliaram e refletiram sobre os resultados educacionais obtidos nesse primeiro semestre nas suas respectivas unidades de ensino.

Os debates se voltaram para os conteúdos diversificados como: vídeo motivacional, mensagens de reflexão, textos contendo propostas de planejamento pedagógico, com discussões voltadas para as políticas públicas educacionais, incluindo métodos de avaliação, participação coletiva das partes envolvidas no processo, plano de trabalho sistematizado, além de práticas que contemplem o fortalecimento dos Conselhos e a autonomia das instituições.

Gilberto Nunes destaca a importância do trabalho conjunto dos coordenadores, supervisores, professores, diretores e demais servidores, porém, reconhece a necessidade de um maior entrosamento da escola com a comunidade em torno dos eventos, sem se limitar apenas as convocações para as reuniões de pais e mestres, o que segundo ele, tem gerado resultados insatisfatórios diante dos registros da baixa frequência, tanto por parte dos alunos, quanto por seus representantes.

Os demais participantes refletiram a respeito do rendimento escolar dos estudantes, com vista para os comportamentos desajustados socialmente, o que atrapalha o bom funcionamento das unidades de ensino. Para os educadores, aqueles alunos de conduta indesejada, tende a fracassar e contribuir com o insucesso dos demais companheiros, o que vai refletir negativamente nos índices educacionais.

Para diminuir as dificuldades de aprendizagem dos alunos, assim como, os casos de indisciplina escolar na prevenção de alguns problemas dessa natureza, os estudiosos defendem a elaboração de um plano de trabalho articulado com outras entidades voltado para a inclusão social, com a condição de resgatar a autoestima dos atores envolvidos no processo educacional.

Diante de tais possibilidades, estes profissionais apesar das boas formações acadêmicas que possuem, sendo mestres e especialistas, se sentem limitados e desafiados no dia a dia sem ter muito o que fazer para reverter as situações problemas. Mesmo assim, muitos acreditam que vão poder se sentir cada vez mais capazes de “seduzir” o público alvo, a partir das aulas diversificadas e contextualizadas, numa forma de parceria para mediar às relações sociais em sala de aula.

O grupo defende a atuação de psicólogos e de assistentes sociais nas abordagens e nos encaminhamentos dos casos específicos que precisam de atendimentos e acompanhamentos diferenciados. Eles também apostam no intercâmbio com as demais instituições, a fim de obter respostas satisfatórias para os problemas detectados.  

O grupo defende mais rigor nas formas de punição e o reforço dos vínculos de convivência familiar

Os educadores acreditam que a falta de regras ou limites familiar, somados aos efeitos negativos dos meios de comunicação emitidos pela mídia apelativa, incentivos ao uso de substâncias tóxicas como o consumo de bebidas alcoólicas, cigarros e até drogas ilícitas por parte de alguns jovens, influência de amigos, contribui significativamente com os comportamentos violentos, bem como, com a desmotivação e a falta de interesses pelos estudos.

Num outro momento, foram apresentados de forma rápida os programas que a equipe técnica da Secretaria aderiu, o que trouxe resultados classificados como positivos, dentre eles se destacam: Programa do Dinheiro Direto na Escola (PDDE interativo), Plano de Desenvolvimento Educacional- (PDE), Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), SISPACTO, Plano de Ações Articuladas (PAR), Programa Mais Educação, Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Por fim, os profissionais fizeram uma auto avaliação do encontro, ressaltaram a importância da elaboração de projetos contendo oficinas pedagógicas a ser trabalhadas nas aulas de reforço escolar, traçaram outras propostas que privilegiem a implantação de salas com recursos multifuncionais destinadas aqueles alunos portadores de algum tipo de deficiência. Eles também defendem a ampliação e o melhoramento das formas de comunicação entre as instituições de ensino e seus pares.

O diagnostico sistematizado, as formas de avaliação qualitativa, quantitativa e contínua, os planejamentos, o projeto político pedagógico-PPP, atuação dos Conselhos de Classe e Escolar, encaminhamentos, relatórios mensais dos diretores por escola, plano de trabalho pedagógico e as prestações de contas, serão apresentadas na próxima reunião, com data a ser definida.

Prefeitura Municipal de Cacimbas com um novo tempo: Administração Prefeito Léo Terto. SECOM/PMC.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Começa o prazo de inscrições para CNHs gratuitas na PB; veja como fazer


Começa nesta quarta-feira (1º) o prazo de inscrições para o Programa Habilitação Social (PHS), do governo do Estado. Ao todo, mais de 1,5 mil paraibanos de baixa renda terão acesso à Carteira Nacional de Habilitação gratuitamente. Clique aqui para se inscrever.

Nesta edição, o programa recebe inscrições até o dia 10 de julho. O programa reserva 50% das vagas para inscritos no cadastro único para programas sociais do governo federal, beneficiários ou com perfil para o Bolsa Família.

As demais vagas são distribuídas da seguinte forma: 15% para pessoas com renda familiar igual ou inferior a um salário mínimo ou que estejam desempregadas; 20% para alunos matriculados ou que tenham concluído os programas Projovem e Brasil Alfabetizado; 10% para pessoas egressas e liberadas do sistema penitenciário, bem como aqueles que tenham cumprido medida socioeducativa de internação, nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente, completado ainda 18 anos de vida, e 5% para beneficiários do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

O programa dispensa o candidato à CNH do pagamento das taxas relativas aos exames de aptidão física e mental; das taxas na adição de categoria; das taxas na mudança de categoria; do pagamento da Licença para Aprendizado de Direção Veicular (LADV); das taxas para Permissão para dirigir A ou B e do pagamento de taxas para realização dos cursos teórico-técnicos e de prática de direção veicular.

De acordo com o regulamento, 80% das vagas serão para candidatos à obtenção da primeira CNH e 20% para os candidatos à mudança de categoria. As vagas destinadas aos candidatos que se inscreverem para a primeira habilitação serão subdivididas em 70% para a categoria A (motos) e 30% para a categoria B (carros).

Pelo programa, os candidatos que tiram a CNH na categoria A recebem um capacete, como forma de incentivo ao uso do equipamento de segurança. Os candidatos inscritos pelo site serão selecionados de acordo com a distribuição e a destinação das vagas, obedecendo aos termos previstos no edital. A divulgação dos resultados será publicada no Diário Oficial do Estado e no site do programa.


Portal Correio

Medida: Bancos terão de substituir na hora notas falsas sacadas por clientes


A partir das próximas semanas, os bancos terão de substituir imediatamente notas falsas eventualmente sacadas nos caixas eletrônicos ou convencionais. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou a obrigatoriedade para a troca de cédulas, desde que o cliente comprove a retirada na instituição financeira.

Até agora, os bancos costumavam substituir as cédulas, mas o prazo de troca dependia da relação da instituição com o cliente e não era regulamentado pelo governo. De acordo com Marcelo Cota, técnico do Banco Central (BC), a possibilidade de falsários que queiram aproveitar-se da brecha para trocar cédulas é reduzida porque os bancos têm meios para verificar se o cliente está cometendo fraudes.

A exigência vale apenas para notas sacadas nos caixas eletrônicos ou presenciais. No caso de notas falsas recebidas no comércio, o técnico do BC esclareceu que o cliente não tem direito ao ressarcimento e é obrigado, pela legislação, a levar a cédula a qualquer agência para que o banco retenha a nota e a envie ao Banco Central.

O CMN também determinou que os bancos retenham as cédulas e moedas suspeitas de falsificação sob sua custódia. Embora as instituições costumem por a medida em prática, não havia a obrigação de que elas monitorassem a procedência das notas em suas tesourarias. Segundo Cota, a medida estimulará que haja mais ações preventivas por parte dos próprios bancos.

Nas próximas semanas, o Banco Central editará uma circular para estabelecer prazos máximos para que as instituições financeiras enviem à autoridade monetária informações sobre notas e moedas falsas. O prazo será de 30 dias nas capitais em que o BC tem representações e 45 dias nas demais localidades.

Atualmente não há previsão para que as instituições encaminhem as informações ao órgão. Em alguns casos, de acordo com o BC, os bancos levaram 180 dias para informar o recebimento de uma nota falsa.

Para Cota, as medidas vão permitir a diminuição da quantidade de notas falsas em circulação. O índice caiu de 150 notas a cada 1 milhão de cédulas, em 2006, para 75 notas neste ano. Nos Estados Unidos, o índice está em 50 notas em 1 milhão.


Agência Brasil

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Casas lotéricas vão suspender atividades na Paraíba no início de junho


As atividades das casas lotéricas da Paraíba serão paralisadas de 4 a 11 de junho, devido a defasagem no aumento das tarifas repassada pela Caixa Econômica Federal para os estabelecimentos. 

A paralisação é um alerta do Sindicato dos Empresários Lotéricos do Estado da Paraíba que segue um movimento nacional. As 320 casas lotéricas da Paraíba vão seguir um calendário de protesto contra a Caixa e estarão paralisando os atendimentos de alguns serviços.

Além das apostas, as lotéricas servem como correspondentes bancários, podem ser efetuados nos estabelecimentos: pagamentos, depósitos e recebimento de benefícios sociais, mas o pagamento de boleto será paralisado para chamar a atenção das dificuldades que os empresários vêm passando pela falta de reajuste das tarifas pagas pela Caixa Econômica Federal.

No dia 4 e no dia 11, as lotéricas não vão receber pagamentos de nenhum boleto bancário ou conta de consumo e entre os dias 6 e 10 seguirão um calendário onde boletos de determinados bancos não serão pagos.

A presidente do Sindicato, Marlene Falcão lamentou que a medida tenha que ser adotada. Ela destacou que o Sindicato vem tentando negociar com a Caixa a mais de ano, mas que há dois anos as tarifas pagas as lotéricas não foram reajustadas, prejudicando a manutenção dos serviços. Só na Paraíba, mais de sete mil empregos diretos são gerados pelo seguimento.

Ela lembrou que os serviços realizados nas lotéricas desafogam as filas bancárias e revelou que só na Grande João Pessoa são 120 casas loterias em atividade.  Marlene explicou que o reajuste solicitado não vai onerar os clientes que fazem os pagamentos de boletos, mas que o pleito dos empresários é para atualizar o valor da tarifa paga pela Caixa as casas lotéricas. 

Acontece que, apesar de ter o reajustado o valor dos serviços para cobrança e pagamento de boleto, a Caixa Econômica Federal vem se negando a reajustar os valores pagos a seus correspondentes. 


Fonte/Maispb